Publicidade - OTZAds

Mundo Estranho| Caio Freire, dublador de Ethan, fala sobre boicote ao filme

Mundo Estranho, a nova animação da Disney estreou no último dia 24 de novembro nos cinemas e enfrenta uma dura jornada para atrair a atenção do público. Com um orçamento em torno de US$180 milhões, o filme arrecadou até o momento US$42,3 milhões nas bilheterias mundiais, além de ser alvo de muitas críticas. De modo geral, as críticas ao filme estão ligadas a Ethan Clade, personagem adolescente que é assumidamente homossexual.

Publicidade - OTZAds

Falando sobre isso ao Quartel General, o dublador Caio Freire, a voz brasileira de Ethan, se mostrou honrado com a oportunidade e exaltou o projeto e seus personagens:

“É um ótimo filme. Tem várias coisas bem legais, uma história interessante, um plot twist superbacana. Para mim, como dublador, foi um prazer enorme poder ser a voz brasileira do Ethan e estar no cinema, numa animação da Disney, para mim é algo incrível. Pegar um protagonista de um filme da Disney para mim é sensacional.”

Por outro lado, Caio Freire destaca que há um claro erro na maneira como o filme é vendido ao público, inclusive pelas críticas positivas. Segundo o dublador de Ethan, grande parte das matérias focam no fato do personagem ser gay, embora o filme não traga isso como trama principal:

“Muitos estão vendendo o filme da seguinte forma: tanto as pessoas que apoiam, quanto as que não apoiam, elas vendem o filme de uma maneira real, porém errada. De fato o Ethan é menino negro […] ele é LGBT, ele é gay, ele tem um crush no amigo dele e gosta desse menino. Só que o filme não é sobre isso. O filme fala sobre o legado de pai para filho, relação entre pais e filhos, o fato do Ethan ser gay nada muda na história do filme, porque em Avalonia ser gay ou não ser gay não interessa, é normal. Então as pessoas estão boicotando o filme, o que reflete nele não ter tanto sucesso, sem ao menos conhecer o filme, é o que a gente chama de preconceito.”

O filme realmente fracassou?

Ainda ao QG, Caio Freire comentou o desempenho de “Mundo Estranho” nos cinemas. Segundo ele, quando a Disney optou por levar a temática LGBT à animação, ela assumiu um risco de atingir majoritariamente esse público. Portanto, apesar de não ser um sucesso grandioso de forma geral, pode ser considerado um sucesso dentro da temática da diversidade a que se propõe:

Publicidade - OTZAds

“Se você está focado em vender para 100% das pessoas e você cria um produto com temática LGBT, você sabe que aquilo vai atingir somente os LGBTs e as pessoas que são favoráveis ao [movimento] LGBT. Então a gente pode cortar da meta de lucro mais de 40%, e é o que a gente está tendo como reflexo. Então para um filme da Disney, não está sendo um sucesso, mas para um filme com uma temática LGBT tratada de maneira extremamente natural, uma temática de diversidade e pluralidade, você está tendo um grande sucesso. Porque quem está assistindo ao filme está curtindo muito.”

Por fim, Caio disse que sim, acredita que o filme está sofrendo boicote pela presença de Ethan e lamentou a situação:

“Resumindo, sim, o fato de o Ethan ser gay infelizmente interfere nas bilheterias. É uma atitude muito arriscada da Disney fazer isso agora, mas em pleno 2022, a humanidade ainda é extremamente preconceituosa e não consegue encarar com naturalidade a homossexualidade.”

Mundo Estranho acompanha os Clades, uma família de exploradores cujas diferenças ameaçam derrubar sua missão mais recente em um território perigoso e desconhecido. O filme ainda está em cartaz nos cinemas de todo o Brasil. Já conferiu?

Ian McKellen comenta queda de representatividade LGBT em Hollywood

Nos dias de hoje, muito se tem falado a respeito de representatividade negra e LGBT dentro de toda a sociedade, incluindo cinemas e toda a Hollywood. Mas para muitos isso demorou muito para acontecer e ainda tem acontecido de maneira forçada e artificial, sem a naturalidade que as causas merecem. Agora, procurado pela revista Time…

Scooby-Doo| James Gunn e produtor da série animada revelam que Velma é LGBTQ+

Tony Cervone, produtor da série animada Scooby-Doo! Mistério S/A e responsável pela direção do recente filme Scoob!, revelou que a personagem Velma pertence à comunidade LGBTQ+. Em sua conta no Instagram, Cervone compartilhou uma imagem de Velma e Marcie com as cores da bandeira LGBTQ+ e os dizeres “PRIDE” (orgulho), atiçando a curiosidade dos seguidores:…

Publicidade - OTZAds

Tessa Thompson, a Valquíria, garante mais diversidade nos próximos filmes da Marvel

Como bem sabemos, o Universo Cinematográfico da Marvel está prestes a entrar em uma nova era após o fim da Saga do Infinito em “Vingadores Ultimato” e promete trazer muito mais diversidade e inclusão em seus próximos filmes. Os Eternos, por exemplo, contará com personagens abertamente homossexuais, tal como Thor: Amor e Trovão, que tirará…

JK Rowling, autora de Harry Potter, gera polêmica com LGBTs

Quem acompanha a autora JK Rowling, a mente por trás de toda a saga de livros Harry Potter, sabe que ela está constantemente se envolvendo em polêmicas com os internautas com seus twetts opinativos sobre assuntos variados. A última questão levantada e debatida por ela e seus seguidores é a causa LGBT, mais especificamente a…

Deixe uma resposta

Scroll to Top
%d blogueiros gostam disto: