Publicidade - OTZAds

Super Mario Bros| John Leguizamo critica falta de representatividade latina no filme

Super Mario Bros| John Leguizamo critica falta de representatividade latina no filme

Após o sucesso da franquia Sonic nos cinemas, chegou a vez de Super Mario Bros ganhar uma nova versão animada para as telonas. O filme promete muita fidelidade aos games clássicos e conta com um grande elenco de dublagem. Entretanto, enquanto os fãs celebram, o ator John Leguizamo detonou a falta de representatividade no projeto.

O ator colombiano interpretou o Luigi no live-action de 1993 e revelou que sua escalação foi uma verdadeira conquista na época. Segundo disse ao IndieWire, para ter um protagonista latino no filme existiu muita luta e o elenco de dublagem da nova animação significa um retrocesso:

Publicidade - OTZAds

“Muita gente adora o original. Eu participei da Comic-Con em Nova York e em Baltimore, e todo mundo diz: ‘Não, não, nós amamos o antigo, o original’. Eles não estão sentindo a chegada do novo. Não estou sendo amargurado, mas é lamentável. Os diretores Annabel Jankel e Rocky Morton lutaram muito para que eu fosse o protagonista, porque eu era um homem latino, e eles [o estúdio] não queriam que eu fosse protagonista. Eles lutaram muito e foi um grande avanço, para eles retrocederem agora, e não trazerem inclusão.”

Contrariando o que diz John Leguizamo, o filme Super Mario Bros de 1993 foi considerado um verdadeiro fracasso de aprovação tanto dos críticos quanto da audiência. No Rotten Tomatoes, por exemplo, o filme conta com apenas 29% de aprovação. No longa, Bob Hoskins interpretou Mario e Leguizamo o Luigi.

Super Mario Bros: O Filme tem previsão de estreia para 7 de abril de 2023 e traz Chris Pratt como Mario e Charlie Day como Luigi. No elenco de dublagem ainda temos Anya Taylor-Joy, Jack Black, Keegan Michael Key e Seth Rogen.

Publicidade - OTZAds

Guardiões da Galáxia Vol.3| Chris Pratt diz que filme é “uma obra-prima” de James Gunn

James Gunn está de volta ao Universo Cinematográfico da Marvel comandando o terceiro filme da franquia dos Guardiões da Galáxia, que promete marcar a despedida da atual formação da equipe nos cinemas. Pouco se sabe sobre o enredo que veremos no filme além do retorno dos membros do elenco principal e a estreia de Will

Super Mario| Produtor do filme defende Chris Pratt em meio a polêmicas de homofobia

Chris Pratt se tornou um dos membros mais polêmicos do Universo Cinematográfico da Marvel, colecionando tanto fãs quanto hates. Isso porque o ator tem sido acusado de homofobia por supostamente pertencer a uma igreja que também supostamente tem um discurso homofóbico; desde então alguns ativistas LGBTQIA+ têm criado campanhas de boicote contra o ator e

Jurassic World: Domínio| Chris Pratt confirma que filme encerra a franquia

A franquia Jurassic Park de Steven Spielberg se tornou um grande clássico dos cinemas nos anos 90 e 2000 e foi revitalizada em 2015 com o nome Jurassic World, trazendo o astro Chris Pratt no papel principal. Em 2022, o terceiro filme da nova fase, subtitulado “Domínio” chega aos cinemas e não significa apenas uma

Publicidade - OTZAds

James Gunn defende Chris Pratt após campanha por demissão do ator

James Gunn está de volta à Marvel Studios para dirigir o terceiro e possivelmente último filme dos Guardiões da Galáxia e já está envolvido em uma nova polêmica com haters de Chris Pratt, que vive o Senhor das Estrelas no universo compartilhado de filmes. Na verdade, a polêmica não é tão nova assim, mas tornou

Chris Pratt é acusado de machismo após declaração de amor à esposa. Entenda!

O astro Chris Pratt é um dos nomes que mais divide os fãs do Universo Compartilhado da Marvel Studios; o intérprete do Senhor das Estrelas e protagonista da franquia dos Guardiões da Galáxia vez ou outra gera polêmicas com suas declarações conservadoras e consideradas por alguns retrógradas. Dessa vez, Pratt acabou nos trending topics do

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: