Publicidade - OTZAds

Liga da Justiça Mortal| George Miller comenta cancelamento do filme

Muito antes do Universo Estendido da DC se tornar uma realidade e da Liga da Justiça se tornar uma grande dor de cabeça para a Warner Bros. com as versões de Joss Whedon e Zack Snyder, a equipe quase chegou aos cinemas em uma visão de George Miller. Em meados de 2008, a Warner Bros. Pictures trabalhava em conjunto com o cineasta no projeto intitulado Liga da Justiça Mortal, que seria o início de uma grande franquia de filmes baseados nos quadrinhos da DC Comics. A ideia era reunir a maior equipe da editora logo de cara nos cinemas e, depois disso, desmembrar a franquia em filmes individuais dos heróis da Liga que seria formada por Batman, Superman, Mulher Maravilha, Caçador de Marte, Lanterna Verde, Aquaman e Flash.

Publicidade - OTZAds

Mas tudo foi por água abaixo poucas semanas antes do início da fotografia principal do filme, pegando George Miller de surpresa. Falando sobre o projeto, o cineasta comentou o cancelamento ao Deadline:

Publicidade - OTZAds

“Sabe, isso já aconteceu várias vezes. Fui demitido de ‘Contato’, e era algo que eu tinha muito entusiasmado para fazer. Nós estávamos muito interessados em Liga da Justiça naquela época, e já havia fotografias e publicidade, e de repente, tudo caiu. Não estou dizendo que houve algum tipo de azar por trás disso, mas acho que sempre é melhor terminar um filme antes de oferecê-lo ao público; e só assim deixá-los assimilar a história, ou não.”

‘Liga da Justiça Mortal’ teria D.J. Cotrona (G.I. Joe: Retaliação) como Superman, Armie Hammer (Morte no Nilo) como Batman, Megan Gale (Promessas de Guerra) como Mulher-Maravilha, Common (O Informante) como Lanterna Verde, Santiago Cabrera (Salvação) como Aquaman, Hugh Keays-Byrne (Mad Max) seria Caçador de Marte e Adam Brody (Shazam!) como Flash.

Publicidade - OTZAds

Deixe uma resposta