Publicidade - OTZAds

Divulgado vídeo em que Ezra Miller diz que vítima de agressão era “um nazista”

As desventuras do astro Ezra Miller no Havaí continuam repercutindo nas redes e em todas as mídias. Como já comentamos aqui no QG, a estrela do vindouro filme do Flash agrediu algumas pessoas no país, entre elas um homem em um bar na cidade de Hilo. Agora, um vídeo policial adquirido com exclusividade pelo TMZ mostra o momento exato da prisão do ator, que se defende e ainda acusa a suposta vítima de ser nazista. Confira:

Publicidade - OTZAds

“Estou sendo preso por conduta desordeira? Fui agredido. O cara daquele bar se declarou nazista. Eu tenho isso no meu filme e ele me atacou.”

Entre outras coisas, Ezra Miller afirma no vídeo

Sobre o filme mencionado pelo ator, se trata de filmagens que o próprio ator diz ter feito através de câmeras acopladas no corpo a fim de vender o material como NFT- um token criptográfico que representa algo único:

Publicidade - OTZAds

“Fui agredido e comecei a filmar. Deixa eu te mostrar o vídeo. Fui agredido neste bar, duas vezes seguidas. Eu me filmo quando sou agredido por arte criptográfica da NFT”

Diz Miller

O caso entretanto não é o único que gerou repercussão mundial recentemente; vale lembrar que Ezra Miller foi acusado de agredir uma mulher com uma cadeira e ainda de roubar um casal que o teria abrigado, além de ameaçá-los de morte. Com toda polêmica, surgiram rumores de que a Warner Bros. estaria cogitando substituí-lo na franquia “The Flash”, o que foi desmentido por um jornalista da Variety.

Publicidade - OTZAds

Deixe uma resposta