Publicidade - OTZAds

James Gunn defende Chris Pratt após campanha por demissão do ator

James Gunn está de volta à Marvel Studios para dirigir o terceiro e possivelmente último filme dos Guardiões da Galáxia e já está envolvido em uma nova polêmica com haters de Chris Pratt, que vive o Senhor das Estrelas no universo compartilhado de filmes. Na verdade, a polêmica não é tão nova assim, mas tornou a ganhar força com a divulgação do trailer de Thor: Amor e Trovão e confirmação da participação do ator, que é cristão e segue a Hilsong Church, igreja dos Estados Unidos.

Publicidade - OTZAds

Acontece que alguns internautas reascenderam a campanha pela demissão de Chris Pratt justamente por integrar a organização religiosa, que segundo os haters tem um discurso preconceituoso e anti-LGBTQIA+. Os comentários de ódio e contra a permanência de Pratt no UCM chegaram ao diretor James Gunn, que respondeu a um fã que pedia a demissão do ator de maneira bem dura e direta:

Publicidade - OTZAds

“[Demitir] por que? Por causa das suas crenças imaginárias e completamente falsas sobre ele [Chris Pratt]? Por alguma coisa que outra pessoa te disse sobre ele que não é verdade? Chris Pratt nunca seria substituído como Senhor das Estrelas, mas se algum dia fosse, todos nós iríamos com ele.”

James, muito ativo nas redes sociais, continuou negando que Chris seja homofóbico ou qualquer coisa do tipo:

Publicidade - OTZAds

“Ele não é. Eu conheço a igreja à qual ele vai atualmente? Você conhece? (A resposta é não, você não conhece, mas ouviu de alguém que ouviu de alguém que ouviu de alguém à qual igreja ele vai, e então decidiu, ‘sim, okay, vou acreditar nessa coisa terrível que ouvi online sobre essa celebridade!’)”

Apesar de algumas campanhas contra Chris Pratt, a Marvel jamais mostrou qualquer intensão de demití-lo ou mesmo puní-lo, uma vez que as acusações sempre se baseiam em suposições. O ator, portanto, volta como Peter Quill não só em “Thor 4”, como também em “Guardiões da Galáxia Vol. 3” e ainda para o Especial de Natal dos Guardiões da Galáxia, que tem lançamento previsto para dezembro de 2022.

Deixe uma resposta