Publicidade - OTZAds

Academia elogia Chris Rock e anuncia banimento de Will Smith por 10 anos

POR ADAILTON MORAES

Publicidade - OTZAds
Anúncios

Enfim temos a decisão da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas em relação ao ocorrido na cerimônia do Oscar 2022, quando Will Smith deu um tapa no rosto de Chris Rock, que apresentava determinada categoria da premiação. Smith já havia pedido demissão da organização responsável pelo Oscar e por outros eventos relacionados ao cinema, e agora está oficialmente banido.

Publicidade - OTZAds

Em comunicado oficial, a Academia anunciou que o ator vencedor do Oscar de Melhor Ator por King Richard está proibido de frequentar todo e qualquer evento organizado pela mesma durante dez anos. Eles também destacaram a postura de Chris Rock diante da situação constrangedora:

Publicidade - OTZAds
Anúncios

“A 94ª edição do Oscar deveria ser uma celebração dos muitos indivíduos em nossa comunidade que fizeram um trabalho incrível no ano passado; no entanto, esses momentos foram ofuscados pelo comportamento inaceitável e prejudicial que vimos o Sr. Smith exibir no palco.

Durante nossa transmissão, não abordamos adequadamente a situação na sala. Por isso, lamentamos. Esta foi uma oportunidade para darmos um exemplo para nossos convidados, espectadores e nossa família da Academia em todo o mundo, e ficamos aquém – despreparados para o fato inédito.

Hoje, o Conselho de Diretores convocou uma reunião para discutir a melhor forma de responder às ações de Will Smith no Oscar, além de aceitar sua renúncia. O Conselho decidiu, por um período de 10 anos a partir de 8 de abril de 2022, que o Sr. Smith não poderá participar de nenhum evento ou programa da Academia, pessoalmente ou virtualmente, incluindo, entre outros, o Oscar.

Queremos expressar nossa profunda gratidão ao Sr. Rock por manter a compostura em circunstâncias extraordinárias. Também queremos agradecer aos nossos anfitriões, indicados, apresentadores e vencedores por sua postura e graça durante nossa transmissão.

Esta ação que estamos tomando hoje em resposta ao comportamento de Will Smith é um passo em direção a um objetivo maior de proteger a segurança de nossos artistas e convidados e restaurar a confiança na Academia. Também esperamos que isso possa iniciar um tempo de cura e restauração para todos os envolvidos e impactados.”

Vale ressaltar que a decisão não impede que Will Smith seja indicado novamente à premiação do Oscar, embora seja muito improvável diante da imagem do ator, que tem visto alguns projetos nos quais estava envolvido serem paralisados ou cancelados. Smith também anunciou recentemente uma pausa em sua carreira em Hollywood, precisando passar por um “período de cura”.

Deixe uma resposta