Publicidade - OTZAds

Diretor de “Cavaleiro da Lua” critica Mulher Maravilha 1984 e Adão Negro, da DC

Anúncios

POR ADAILTON MORAES

Publicidade - OTZAds

Prestes a estrear a série solo do Cavaleiro da Lua com Oscar Isaac no Disney+, o diretor Mohamed Diab, que nasceu no Egito, decidiu comentar algumas outras produções ambientadas ou relacionadas ao país africano, criticando inclusive duas produções da rival DC. Ao Filfan, o diretor se mostrou decepcionado por Adão Negro não ter optado por trazer egípcios em seu elenco, apontando uma negação à oportunidade de representatividade que o filme trazia:

“Eu fiquei bem incomodado com a DC quando eles colocaram Adão Negro em outra nação para ter a desculpa de não precisar escalar egípcios, quando obviamente eles deveriam ter feito isso no Egito. As oportunidades de representação não devem ser desperdiçadas… mas não foi um erro completo, já que é baseado em uma versão dos quadrinhos que não menciona o Egito. Eu tentei mostrar o máximo de talentos egípcios. Cada cultura dever ser representada por seu povo e eu contratei atores, um designer de fantasia, um diretor de arte e um compositor, todos egípcios.”

Agora, em entrevista à SFX Magazine, Mohamed Diab continuou criticando as adaptações hollywoodianas do Egito, destacando uma das sequências de outro filme do Universo Estendido da DC, Mulher Maravilha 1984. Segundo ele, o filme de Patty Jenkins estrelado por Gal Gadot retrata o Egito como um país medieval, o que não procede:

Publicidade - OTZAds
Anúncios

“Quando discuti minhas ideias [para ‘Cavaleiro da Lua’], havia uma grande parte relacionada ao Egito, e como tem sido tão mal retratado ao longo da história de Hollywood. É sempre algo exótico- e nós chamamos de orientalismo. Isso nos desumaniza. Estamos sempre nus, sempre sensuais, sempre maus, sempre por cima. Você nunca vê o Cairo. Ou quando isso acontece, utilizam cenas na Jordânia, Marrocos ou até Espanha. Isso realmente nos irrita. Me lembro de assistir ‘Mulher Maravilha 1984’ e houve uma grande sequência no Egito lá. Foi uma desgraça para nós. Parecia um país de Idade Média. Parecia o deserto.”

Cavaleiro da Lua estreia dia 30 de março no Disney+ e traz Oscar Isaac como o protagonista Marc Spector em uma aventura insana. Quanto a Adão Negro, o filme foi adiado para outubro de 2022, e Mulher Maravilha 1984 está disponível no HBO Max.

Publicidade - OTZAds

Mas e você, concorda com as críticas de Mohamed Diab aos filmes da DC?

Deixe uma resposta