Publicidade - OTZAds

Ray Fisher, que interpretou o Ciborgue, acusa Warner Bros. de racismo novamente

POR ADAILTON MORAES

Publicidade - OTZAds

Liga da Justiça (2017) ficou marcado não apenas como uma grande decepção para o público do Universo Estendido da DC e para os fãs da maior equipe dos quadrinhos da editora, mas também pelas polêmicas envolvendo a postura do diretor das refilmagens Joss Whedon e o acobertamento da Warner Bros. O principal responsável para toda a M ser jogada no ventilador, ou melhor, ao público foi o ator Ray Fisher, que interpretou o Ciborgue no filme. Ele acusou Joss Whedon de ser abusivo com o elenco nos bastidores das refilmagens e ainda apontou posturas racistas por parte do diretor, algo que segundo ele foi e continua sendo abafado pelos estúdios da Warner Bros. Agora, a polêmica ganhou um novo capítulo.

A Warner compartilhou uma postagem em suas redes sociais em homenagem ao Mês da História Negra e destacou a representatividade em suas produções recentes especialmente no DCEU, excluindo Ray Fisher e Ciborgue:

Publicidade - OTZAds

“Pistoleiro, Canário Negro e Sanguinário. Neste Mês da História Negra, estamos destacando alguns de nossos personagens favoritos da DC. Um brinde aos momentos poderosos e ao entretenimento que eles trouxeram para a tela grande!”

Anúncios

Como era de se esperar, Fisher não perdeu tempo e aproveitou a oportunidade para apontar a “hipocrisia” do estúdio, relembrando que em momento algum recebeu apoio:

Publicidade - OTZAds

 “OU… você pode tentar destacar um pedido de desculpas aos negros não fictícios afetados pelas práticas racistas e discriminatórias de sua empresa”

ATENÇÃO! O POST A SEGUIR CONTÉM SPOILERS

Para completar, vale destacar, Ciborgue também foi cortado da série Pacificador do HBO Max. No último episódio da produção dirigida por James Gunn, vemos o protagonista e seus aliados diante da Liga da Justiça, ou ao menos uma parte dela; Ezra Miller e Jason Momoa reviveram os papéis de Flash e Aquaman respectivamente, enquanto o Superman e a Mulher Maravilha foram representados por dublês e surgiram como silhuetas; mas e quanto ao Batman e ao Ciborgue? Pois é, os dois também apareceriam como silhuetas na cena, mas acabaram sendo cortados por determinação da Warner Bros. Inicialmente era previsto que Ray Fisher tivesse uma participação significativa no filme The Flash, que reforçaria a amizade com Ciborgue, mas após as muitas declarações polêmicas e os ataques constantes à Warner e a Walter Hamada, o ator e o personagem acabaram sendo deixados de lado pelo DCEU.

Deixe uma resposta