Publicidade - OTZAds

The Batman| Matt Reeves fala sobre nova Gotham e liberdade dada pela Warner Bros.

The Batman| Matt Reeves fala sobre nova Gotham e liberdade dada pela Warner Bros.
Anúncios

POR ADAILTON MORAES

Publicidade - OTZAds

Em março um novo Batman chega aos cinemas com a promessa de explorar o lado detetive do herói como nenhuma outra produção, e isso em quase três horas de duração, como revelamos ontem (20) aqui no QG. O filme também promete trazer uma nova abordagem da mitologia do Cavaleiro das Trevas, buscando mesclar fatores mais realistas com elementos mais fiéis ao quadrinhos, distinguindo-se assim a trilogia de Christopher Nolan que buscava o máximo de realismo. Falando sobre sua versão em entrevista a Movie Maker Magazine, o diretor Matt Reeves destacou a relação de Bruce Wayne com o assassinato de seus pais e com toda Gotham em si, reafirmando que veremos muito do lado detetive no filme:

“Eu queria fazer uma história em que a corrupção de Gotham fosse um dos aspectos mais importantes, porque Gotham é um lugar doente. Bruce está desesperado para tentar fazer uma mudança. Ele ainda está preso, para ser honesto, emocionalmente atrofiado aos 10 anos de idade, porque esse é um trauma que você não supera, testemunho de assassinato dos pais nesse lugar. Ele procura criar um significado, certo? Este é o único significado que ele pode encontrar… Acho que ele imagina que se puder fazer isso, de alguma forma, ele pode reverter o que aconteceu, o que nunca será revertido. Esse é um impulso muito humano certo? Tentar reviver algo e refazê-lo.”

Reeves continuou falando sobre o lado detetive do Batman nesse filme:

Publicidade - OTZAds
Anúncios

“A ideia de um lugar que é corrupto, e você tenta nadar contra a maré para lutar contra ele, e fazer a diferença, é o Batman por excelência. E no centro dessas histórias noir está quase sempre o detetive, certo? E é por isso que ele é o maior detetive do mundo, em sua essência, também é uma história de detetive. É muito narrativa.”

Já em entrevista para a Premiere FR, o diretor garantiu que recebeu total liberdade criativa da Warner Bros. para trabalhar no filme:

Publicidade - OTZAds

“Eu disse para a Warner Bros. que eu tinha que ganhar total liberdade para fazer o filme definitivo do Batman. Impossível dar apenas metade de si mesmo para lançar um Batman, impossível fazer isso como amador.”

The Batman traz Robert Pattinson no papel principal e conta com Paul Dano dando vida ao antagonista Charada, que promete dar um nó na cabeça do herói e do público com suas mensagens em torno dos assassinatos. O filme estreia dia 3 de março exclusivamente nos cinemas.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: