Publicidade - OTZAds

Liga da Justiça| Joss Whedon quebra o silêncio e rebate acusações do elenco

Anúncios

POR ADAILTON MORAES

Liga da Justiça infelizmente ficou marcado por um roteiro confuso e efeitos visuais um tanto desastrosos, sem falar nas muitas polêmicas nos bastidores. Como sabemos, o filme passou por uma série de refilmagens quando o então diretor Zack Snyder precisou se afastar do projeto após o suicídio de sua filha, sendo substituído por Joss Whedon, que já havia dirigido o primeiro filme dos Vingadores da Marvel. A relação entre Whedon e o elenco não foi boa e, entre outras coisas, o diretor foi acusado por Ray Fisher por conduta abusiva no set de filmagens e também teria ameaçado a carreira de Gal Gadot. Isso tornou o nome de Joss Whedon maldito entre o público e fãs e ele chegou a perder alguns trabalhos diante da repercussão de sua postura diante do filme.

Publicidade - OTZAds

Até então, Joss se mantinha em silêncio sobre as polêmicas e acusações contra sua postura, mas agora ele decidiu falar e em entrevista extensa ao New York Magazine rebateu todas as afirmações que destruíram sua carreira. Primeiramente o cineasta disse que não sabe se a campanha difamatória teria um coordenador, mas que certamente sabe em nome de quem ela foi feita, se referindo ao diretor Zack Snyder:

Publicidade - OTZAds

“Não sei quem começou [a suposta campanha difamatória], sei em nome de quem isso foi feito”

Anúncios

Whedon também não poupou o elenco protagonista do filme, aproveitando para desmentir recentes acusações de Gal Gadot, onde ela teria revelado que o diretor ameaçou destruir sua carreira após diferenças nos bastidores:

“Nunca havia trabalhado com um grupo tão rude de atores[…] Eu não ameaço as pessoas. Quem faz isso? Inglês não é a primeira língua dela [Gadot] , e costumo ser um pouco exagerado no jeito de conversar.”

O cineasta também detonou Ray Fisher, seu maior opositor em toda essa história, revelando que nunca viu sentido no arco do Ciborgue inicialmente idealizado por Snyder, por isso decidiu diminuir a participação do herói em seu corte. Joss destacou que cortou o arco do personagem para que o filme se encaixasse dentro da duração estipulada. Sobre Fisher, o diretor diz que teve “conversas amigáveis e respeitosas” sobre o corte, mas afirmou que ele é uma pessoa e ator ruim:

“Nenhuma das acusações (feitas por Fisher) são verdadeiras, ou sequer mereçam ser discutidas. Estamos falando sobre uma força maléfica. Estamos falando de um ator ruim, nos dois sentidos.”

Anúncios

Para terminar, Joss falou sobre como tudo afetou sua carreira:

Publicidade - OTZAds

‎”O início da internet me levantou, e a internet moderna me derrubou. A simetria perfeita não está perdida em mim.‎”

Vale lembrar que após toda a repercussão dos bastidores da infame produção da DC, atores de ‘Buffy‘ e ‘Angel‘ afirmam ter sofrido com o comportamento abusivo do diretor, que acabou sendo removido da sua própria série, The Nevers, do HBO. Mas e você, acredita que um dia Joss Whedon vai conseguir reerguer a sua carreira?

Deixe uma resposta