Publicidade - OTZAds

Homem-Aranha 3|Willem Dafoe comenta decisão de retirar máscara do Duende Verde no filme

Anúncios

POR ADAILTON MORAES

Publicidade - OTZAds

Homem-Aranha 3: Sem Volta para Casa alcançou as expectativas dos fãs e se provou um grande evento cinematográfico, usando e abusando da nostalgia para atrair seu público. Atualmente o filme dirigido por Jon Watts já arrecadou cerca de US$1,4 bilhão nas bilheterias mundiais e esse número continua crescendo gradativamente. No filme vemos o Homem-Aranha interpretado por Tom Holland lidando com vilões de outras franquias do herói, como Doutor Octopus, Electro e Duende Verde; no geral, todos eles sofreram algumas alterações visuais para adaptação aos novos tempos, mas a mudança em Norman Osborn gerou algumas controversas por parte dos fãs.

Publicidade - OTZAds

O vilão interpretado por Willem Dafoe perdeu sua icônica máscara pouco após sua primeira aparição no filme e, daí em diante, o ator entregou expressões faciais que deixaram os fãs impressionados. Falando sobre suas expressões sinistras em cena, o ator revelou em entrevista ao The New York Times que não precisava ensaiá-las e ainda destacou que as críticas sobre a máscara estática do Duende Verde podem ter influenciado na decisão do vilão passar grande parte do filme com rosto à mostra:

Publicidade - OTZAds
Anúncios

“Eu devo ser honesto, estou ciente de que havia críticas sobre a máscara [do Duende Verde] no filme original. Nós ouvimos sobre o suficiente até considerarmos mudar um pouco. Eu não penso nisso, porque eu não penso em fazer expressões com o meu rosto, meu rosto segue meu coração. É apenas uma expressão do que você está sentindo.”

Após sua primeira aparição no filme, Norman Osborn quebra a máscara do Duende Verde

Há algum tempo, Dafoe revelou que fez uma única exigência para retornar como o antagonista no novo filme da Marvel Studios: que pudesse fazer todas as cenas de ação, independente do nível de dificuldade. O pedido foi atendido e Willem foi um dos grandes destaques de “No Way Home.”

Deixe uma resposta