Round 6| Criador e diretor fala sobre decisão polêmica de Gi-hun na 1ª temporada

Round 6| Criador e diretor fala sobre decisão polêmica de Gi-hun na 1ª temporada

POR ADAILTON MORAES

Round 6 foi a grande surpresa de 2021 em se tratando de séries; a produção criada e dirigida por Hwang Dong-hyuk acompanha um grupo de 456 pessoas endividadas sendo atraídas para um jogo repleto de referências a brincadeiras infantis populares na Coreia do Sul e em muitos países. Em busca de um prêmio milionário, os participantes precisam passar por esses desafios para não serem eliminados, que em bom português, é ser morto. E após o sucesso grandioso e os recordes de audiência, os fãs iniciaram um clamor pela produção da segunda temporada, embora Dong-hyuk tenha dito algumas vezes que a ideia era apenas uma temporada. Com tamanha pressão, o mesmo Dong-hyuk em recente declaração confirmou que está desenvolvendo o roteiro da segunda temporada, aproveitando o gancho deixado no último episódio da primeira.

E é justamente sobre um detalhe do último episódio que vamos falar a seguir; a decisão tomada por Dong-hyuk para o fim do primeiro ano e para a jornada de Gi-hun dividiu opiniões e recentemente foi criticado até pelo astro do basquete LeBron James, mas o diretor defende que era necessário:

Anúncios

ATENÇÃO! O POST A SEGUIR CONTÉM SPOILERS

“Nos perguntamos constantemente: é realmente certo para Gi-hun decidir fugir para ver sua família, em busca da própria felicidade? Essa é a forma correta de questionarmos o público ou a mensagem que queremos passar com o programa? Chegamos a conclusão de que as questões que queríamos levantar não poderiam ser feitas se ele tivesse entrado naquele avião. A questão principal – por que o mundo se tornou o que é hoje? – só poderia ser respondida ou perguntada se Gi-hun desse um passo para trás. E foi assim que chegamos na conclusão da primeira temporada.”

No último episódio, após vencer o Jogo da Lula e ficar milionário, o protagonista decide ir atrás de sua filha e recuperar a admiração da garota, mas ao ver o Recrutador no metrô atraindo um homem e descobrir que os jogos estavam reiniciando, Gi-hun toma uma decisão contraditória (e não estamos falando do cabelo vermelho kk) e desiste de ir atrás da filha para voltar ao game e destruí-lo internamente. Foi o gancho perfeito para a segunda temporada, ainda que Dong-hyuk jure que não tinha intensão de produzí-la inicialmente, mas LeBron James e alguns outros espectadores pontuam que não foi a decisão mais sensata do protagonista, pelo contrário.

Agora oficial, imagina-se que a segunda temporada trará além do retorno de Gi-hun aos jogos o jovem policial Joon-Ho, que teoricamente teria sido morto pelo irmão, mas que muitos acreditam que sobreviveu ao disparo no ombro e à queda do precipício. Caso a teoria se confirme, provavelmente veremos Gi-hun e Joon-Ho se unindo contra o jogo na segunda temporada, que ainda não tem previsão de estreia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s