Ray Fisher diz que só voltaria ao DCEU com pedido de desculpas da Warner Bros e de Walter Hamada

Ray Fisher diz que só voltaria ao DCEU com pedido de desculpas da Warner Bros e de Walter Hamada

Anúncios

POR ADAILTON MORAES

Ray Fisher foi uma voz importante e polêmica em toda a revolução que houve nos bastidores do Universo Estendido da DC. O intérprete do Ciborgue no DCEU ganhou repercussão ao acusar o diretor Joss Whedon, de “Liga da Justiça”, de comportamento abusivo nos bastidores das refilmagens, além de acusar nomes da alta cúpula da Warner Bros de serem coniventes com a postura dele. Isso motivou uma longa investigação interna dentro dos estúdios, que embora não tenha tido grandes detalhes revelados oficialmente, acabou com a reformulação do DCEU, como temos percebido nas últimas produções. Mas e Ray, qual a possibilidade dele retornar como Ciborgue em um projeto futuro?

Anúncios

O ator voltou a criticar a Warner Bros e disse que não cogita voltar ao papel sem um pedido de desculpas pelo tratamento que recebeu no set de Liga da Justiça:

“Para mim, acho que tudo começa com um pedido de desculpas vindo do lado da Warner Bros.O que Walter Hamada e Warner Bros. Pictures tentaram fazer, profissionalmente e pessoalmente, durante um dos anos mais cruciais para pessoas negras na história da humanidade, é simplesmente inaceitável.”

falou fisher durante a megacon nos estados unidos

O ator de 33 anos também disse que não irá apoiar nenhuma produção da Warner até que receba um pedido de desculpas, embora reafirme seu amor pela DC e sua galeria de personagens:

“Então, até que um pedido de desculpas seja emitido, definitivamente não irei apoiar nenhuma produção de Walter Hamada, ponto final. E é uma coisa difícil porque sou fã da DC por completo. Eu amo esses personagens, mas, às vezes, você tem que desistir do que ama para fazer o que é certo.”

A última aparição de Ray Fisher como Victor Stone, o Ciborgue, foi em Liga da Justiça de Zack Snyder, que estreou no início do ano no HBO Max, serviço de streaming da Warner Media. Apesar dos problemas com o estúdio, o ator aceitou gravar cenas adicionais para o corte de Zack Snyder por seu respeito pela história e esforço do diretor e pela paixão pelo personagem, que teve muito mais destaque no Snyder Cut; mas Fisher já havia deixado claro que só voltaria definitivamente ao DCEU depois que tudo fosse resolvido e esclarecido.

Anúncios

Antes de toda a tensão entre Fisher e os executivos e produtores da Warner, haviam projetos envolvendo o Ciborgue para o Universo Estendido da DC. O personagem teria sido considerado para o roteiro original de The Flash com Ezra Miller, além de um filme solo do herói ter sido considerado anos atrás. Atualmente, olhando de fora, não parece haver interesse por parte da Warner Bros e Walter Hamada, presidente da DC Films, de trazer Ray ou mesmo o Ciborgue de volta às telas, mas tudo é possível no business.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s