Publicidade - OTZAds

Shang-Chi| Simu Liu rebate declaração do CEO da Disney: “Não somos um experimento”

Anúncios

POR ADAILTON MORAES

Publicidade - OTZAds

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis promete trazer um show de efeitos visuais e da cultura asiática, além de claro adicionar novas mitologias ao Universo Compartilhado da Marvel Studios e trazer maior representatividade para o UCM. E há alguns dias, Bob Chapek, CEO da Disney, revelou que o filme será um “experimento interessante” para testar o novo método de lançamento do estúdio, que levará as produções 45 dias após a estreia nos cinemas para o streaming, sem custos adicionais. Mas parece que Simu Liu, protagonista do novo filme, não gostou da definição dada por Chapek e fez questão de alfinetá-lo em uma recente postagem em sua conta pessoal do Twitter.

Anúncios

Na publicação com algumas fotos dos bastidores de “Shang-Chi”, o astro originário de Harbin, na China, expressou seu desconforto com a expressão do CEO da Disney e legendou:

Publicidade - OTZAds

“Não somos um experimento. Somos os azarões, os subestimados. Somos quebradores de barreiras. Somos a celebração da cultura e da alegria que vai perseverar após um ano de muitas lutas. Nós somos a surpresa. Estou animado para fazer história no dia 3 de setembro. Se junte a nós.”

A nova janela de lançamento do Disney+, serviço de streaming da Disney, vem depois do fim do Premier Access, que garantia ao público a oportunidade de conferir as estreias sem atraso diretamente no catálogo do serviço por um custo adicional nada sutil de R$69,90. Mas o método de lançamento simultâneo nos cinemas e no streaming gerou alguns problemas para a empresa, desde uma revolta por parte dos donos de grandes redes de cinema do mundo até o processo movido por Scarlett Johansson contra a Disney por uma suposta quebra de contrato.

Publicidade - OTZAds

Dirigido por Destin Cretton, “Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” estreia no dia 3 de setembro exclusivamente nos cinemas de todo o mundo, indo para o Disney Plus apenas 45 dias depois. O fim do Premier Access também não agradou a todos, e há um movimento na internet que ameaça boicotar a estreia nos cinemas por não haver segurança sanitária devido a nova variante do coronavírus que tem registrado números consideráveis de novos casos nos últimos meses.

Deixe uma resposta