Publicidade - OTZAds

Bolinha| David Dastmalchian fala sobre sua doença e revela semelhanças com o personagem

Anúncios

POR ADAILTON MORAES

O Esquadrão Suicida estreou com uma premissa ousada e divertida, além de personagens incrivelmente cativantes. Com a ingenuidade do Tubarão Rei Nanaue, a fofura da Caça-Ratos II e a liderança do Sanguinário, outro personagem teve seu brilho próprio no longa dirigido por James Gunn. O Bolinha interpretado pelo sensacional David Dastmalchian roubou a cena por muitas vezes e conquistou os fãs com sua postura insegura e depressiva, algo que o ator revelou tê-lo aproximado ainda mais do personagem.

Publicidade - OTZAds

Em recente conversa com o The Hollywood Reporter, Dastmalchian falou sobre sua própria insegurança, seu problema de pele e como James Gunn o ajudou a entregar o seu melhor nas gravações:

Publicidade - OTZAds
Anúncios

‘Eu sempre achei que iria falhar na vida.. Eu tinha certeza que iria falhar como um pai. Eu disse para mim mesmo: ‘Você é um bom pai. Você é um bom pai..’ e ficava repetindo isso. E isso fez sentido para mim naquele momento. Eu estava com Idris Elba e estava tentando trazer a coragem para fazer aquela cena. E eu sinto que lutei bastante para chegar lá. James Gunn então baixou o microfone, chegou até mim, me deu um abraço e disse: ‘Você já conseguiu isso’… Ele me lembrou de respirar e apenas ser eu mesmo. E ele completou: ‘Você pode fazer isso. Eu sempre soube que você pode fazer isso’ – E então, eu fiz.

Na entrevista o ator também destacou as semelhanças entre ele e o Bolinha, principalmente por conta da insegurança com a aparência. Para quem não sabe, David Dastmalchian tem vitiligo, algo que o fez se aproximar ainda mais com o Bolinha, que no filme sofre com um vírus interdimensional que faz com que manchas e caroços coloridos surjam em sua pele obrigando-o a expelir bolinhas ao menos duas vezes por dia.

“Eu me senti honrado de fazer este papel. Ele sou eu. Você não sabe como minhas condições de pele me assombraram enquanto eu era criança e como isso me fazia sentir que existia algo errado comigo. E como eu me senti mal quando pensei em acabar com minha própria vida… 18 anos atrás. E agora, eu amo minha vida. E eu sou tão grato que eu tenho Eve e as crianças. E eu tenho amigos e tenho James Gunn”

Anúncios

De fato o Bolinha foi uma das grandes boas surpresas da nova adaptação do Esquadrão Suicida, ganhando uma história muito mais interessante que sua versão dos quadrinhos e poderes nada bobos, vamos combinar. A postura insegura e depressiva do vilão também é muito bem explorada no filme, fazendo alusão ao fato dele ser considerado um dos personagens mais ridículos das HQs, algo que vemos inclusive na primeira cena dele em Belle Reve, quando o Homem Calendário zomba dele por seus poderes.

Publicidade - OTZAds

Mas e você, gostaria de ter mais Bolinha e David Dastmalchian em outro projeto do Universo Estendido da DC?

Deixe uma resposta