Caça-Ratos 2| Daniela Melchior quer voltar como vilã de algum projeto da DC nos cinemas

POR ADAILTON MORAES

O Esquadrão Suicida segue sua jornada nos cinemas com um ótimo retorno da crítica e dos fãs da equipe de vilões mais famosa do momento. O filme dirigido por James Gunn tem surpreendido o público e resgatado o carisma da Força Tarefa X após a adaptação de 2016, que rende inúmeras críticas negativas até hoje. E entre os muitos pontos positivos do novo filme, com certeza, a Caça-Ratos 2 é um deles, sendo uma das personagens mais queridas do time e tendo importância crucial no decorrer de toda a trama.

Cleo Cazo é filha do Caça-Ratos original, que no longa apareceu em alguns flashbacks sendo interpretado pelo ator e diretor Taika Waititi, e tem uma personalidade doce e gentil que contrasta com a postura de seus colegas de Esquadrão, a maioria assassinos frios e sanguinários. Tendo uma vida difícil em Portugal, a personagem defendida por Daniela Melchior vai aos Estados Unidos e acaba nas mãos de Amanda Waller após um assalto malsucedido a um banco, onde usou seu dom de se comunicar com ratos; é assim que ela acaba integrando a nova formação do Esquadrão Suicida. Ao lado de seu fiel companheiro, o rato Sebastian, Cleo se tornou a queridinha dos fãs e muitos não conseguem a enxergar como uma criminosa, o que pode mudar no futuro do Universo Estendido da DC. Ao menos é isso que Daniela Melchior espera em um possível retorno ao papel.

Anúncios

Em entrevista ao Entertainment Tonight, Daniela admitiu que gostaria de ver a Caça-Ratos II como uma vilã em algum projeto futuro da DC, e ainda sugeriu como a doce Cleo Cazo pode aprender a se tornar uma verdadeira ameaça nos cinemas:

“Ela teve a oportunidade de falar sobre seu pai, então eu adoraria ver um pouco mais sobre isso. Mas também gostaria de ver Caça-Ratos II aprendendo com… não sei, por que não o Sanguinário? Como disparar uma arma, como lutar com alguém. Adoraria ver sua estreia como uma supervilã de verdade.”

Em O Esquadrão Suicida, a Caça-Ratos II cria um laço de amizade com Sanguinário, personagem de Idris Elba, e ele acaba exercendo uma proteção paterna sobre ele, o que pode ser explorado em uma possível sequência. Ainda no filme de Gunn, Cleo demonstra que o seu controle sobre os roedores pode ser uma grande ameaça quando usado da maneira correta, algo que daria trabalho até mesmo para o Batman, herói da galeria a qual a vilã pertence em tese.

“O Esquadrão Suicida” já teve seu primeiro projeto derivado confirmado, a série Pacificador, que na realidade foi filmada praticamente junto com o filme e tem ligação direta com os eventos nele mostrados. Além disso, é muito provável que o sucesso do longa abra caminho para novos spin-offs e quem sabe a Caça-Ratos II possa se beneficiar em algum deles?

Anúncios

Mas e você, consegue imaginar a doce Cleo Cazo como uma verdadeira supervilã? Deixe sua opinião nos comentários.

Autor: Adailton Moraes

23 anos. Apaixonado pela cultura geek. Cristão. Desenhista. Amante da escrita e comunicação visual. @amoraes7

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s