Publicidade - OTZAds

Patty Jenkins diz que empolgação de patrocinadores com streamings não vai durar muito

Patty Jenkins diz que empolgação de patrocinadores com streamings não vai durar muito

Atualmente a indústria cinematográfica está precisando se reinventar, tanto pela evolução da tecnologia e aumento da competitividade, quanto pelos efeitos das medidas contra o coronavírus, que afetaram duramente os cinemas e fecharam milhares de salas ao redor do mundo. Isso tem feito os principais estúdios darem mais atenção aos serviços de streaming, lançando produções simultaneamente nos cinemas e nas plataformas, e também desenvolvendo conteúdo exclusivo. Um bom exemplo disso é a Marvel Studios, que tem expandido seu universo compartilhado, antes exclusivo para as telonas, para o Disney+, com minisséries exclusivas e lançamentos simultâneos com os cinemas.

Publicidade - OTZAds
Anúncios

Mulher Maravilha 1984 foi um dos primeiros filmes a testar a estratégia de lançamento simultâneo, estreando nos cinemas e no streaming HBO Max, obtendo sucesso considerável nos Estados Unidos e no mundo. Mas segundo a diretora do longa Patty Jenkins, essa é uma solução temporária e, com o aumento desenfreado de serviços de streaming, logo não será tão atrativa financeiramente falando:

“Eu não acho que vai durar. Streaming é ótimo, mas só está recebendo tanta atenção por questões financeiras, e não acredito que há investimento o suficiente para sustentar a indústria em seu estado atual. Era diferente quando só a Netflix existia, mas agora todo estúdio tem sua própria plataforma. As pessoas não vão se inscrever em todos. Será que os estúdios realmente vão abrir mão de filmes bilionários só para apoiar os seus catálogos de streaming? Financeiramente eu não acho que faz sentido.”

A diretora ainda continuou relembrando que, com o avanço da vacinação nos EUA, logo os cinemas voltarão a funcionar normalmente, e as pessoas terão interesse em conferir os lançamentos nas telonas novamente:

Publicidade - OTZAds
Anúncios

“As sessões de cinema estão voltando. Ambos os formatos devem existir, e vão continuar existindo. As pessoas gostam de ir ao cinema. Não porque elas não podem ver os filmes em casa, isso é algo que sempre conseguimos fazer, não é nenhuma novidade. Com certeza o cinema está voltando.”

Mas Patty Jenkins não é a única diretora que não bota tanta confiança na estratégia de lançamento simultâneo nos streamings, recentemente o diretor Christopher Nolan, um dos grandes parceiros profissionais da Warner Bros desde o sucesso da trilogia do Batman, também se manifestou a respeito e chegou a dizer que o HBO Max é “o pior serviço de streaming”. Jenkins volta à franquia da Mulher Maravilha em breve para o terceiro filme da heroína interpretada por Gal Gadot, mas atualmente está envolvida com Rogue Squadron, novo derivado da franquia Star Wars que irá estrear exclusivamente nos cinemas antes de ir para o catálogo do Disney+, para a felicidade da diretora.

Publicidade - OTZAds

Mas e você, concorda com a opinião de Patty Jenkins? Deixe sua opinião nos comentários.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: