Publicidade - OTZAds

Homem de Ferro 3| Kevin Feige defende versão do Mandarim apresentada no filme

Homem de Ferro 3| Kevin Feige defende versão do Mandarim apresentada no filme

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis estreia em breve e enfim trará um Mandarim digno de sua versão dos quadrinhos. O filme estrelado por Simu Liu irá explorar as artes marciais e místicas que contornam a poderosas organização dos Dez Anéis liderada pelo Mandarim, deixando para trás a cópia que vimos no controverso Homem de Ferro 3.

Publicidade - OTZAds
Anúncios

O último filme da trilogia de Tony Stark no UCM é considerado por muitos, inclusive o que vos escreve, como um dos piores de todo o Universo Compartilhado da Marvel Studios, muito em conta pelo antagonista principal que, no fim, não passava de um charlatão barato. Para quem não se lembra, o Mandarim de Homem de Ferro 3 era apenas uma laranja nas mãos do verdadeiro vilão Aldrich Killian, que também não era tão ameaçador assim diga-se de passagem. Críticas a parte, a versão não agradou a ampla maioria do público, principalmente por sua falta de fidelidade à versão do vilão nas HQs do Homem de Ferro; mas segundo Kevin Feige, a reviravolta do filme de 2013 foi divertida e não anula o verdadeiro Mandarim que veremos em “Shang-Chi”:

“Quando trouxéssemos esse personagem para as telas, nós queríamos fazer apenas quando sentíssemos que poderíamos fazer justiça suprema com ele e realmente mostrar toda a sua complexidade, o que francamente é algo que não poderíamos fazer em um filme do Homem de Ferro. Então Shane Black [diretor de ‘Homem de Ferro 3’] em seu filme e no roteiro que ele co-escreveu, inventou essa reviravolta divertida que amamos até hoje, onde o Mandarim acabaria sendo Trevor Slattery. E só porque aquela versão não era real, não significa que não há um líder da organização dos Dez Anéis, e esse é quem nós conhecemos pela primeira vez em ‘Shang-Chi'”

disse kevin feige ao rotten tomatoes

Agora o Mandarim será interpretado por Tony Leung e trará enfim o personagem tão poderoso quanto sua versão quadrinesca. A ideia do filme de 2021 também é fechar um arco e ligar pontos que ficaram soltos desde o início do UCM, uma vez que a organização dos Dez Anéis foi que sequestrou Tony Stark no primeiro filme do herói, que deu origem a todo o universo cinematográfico que já ultrapassa uma década. Ainda ao Rotten Tomatoes, Feige falou sobre as conexões entre Shang-Chi e os filmes do Vingador Dourado:

Publicidade - OTZAds
Anúncios

“Isso é divertido sobre o Universo Cinematográfico da Marvel nesse ponto, nós podemos fazer algo como ‘Shang-Chi’, introduzindo um novo herói no MCU e nesse mundo. Mas aquele subtítulo, ‘A Lenda dos Dez Anéis’, na verdade se conecta com o começo do MCU, com os Dez Anéis sendo a organização que sequestrou Tony Stark no começo de ‘Homem de Ferro’. E essa organização foi inspirada por um personagem chamado Mandarim nos quadrinhos.”

Em Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis veremos o herói titular precisando enfrentar uma série de desafios para se livrar de seu passado e fugir do líder da poderosa organização terrorista liderada pelo seu próprio pai. O filme estreia em setembro de 2021.

Publicidade - OTZAds

Enfim, o Mandarim ganhará uma versão definitiva em breve, mas será que isso tudo estava realmente planejado desde o início do UCM ou Kevin Feige apenas está tentando disfarçar a adaptação fracassada do vilão em o Homem de Ferro 3 com essa história toda? Deixe sua opinião nos comentários.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: