Publicidade - OTZAds

Ray Fisher critica Walter Hamada, presidente da DC Films, e se recusa a trabalhar com ele

Ray Fisher critica Walter Hamada, presidente da DC Films, e se recusa a trabalhar com ele

Pois é, parece que o astro Ray Fisher não ficou satisfeito em denunciar os abusos do diretor Joss Whedon nos bastidores das refilmagens de Liga da Justiça, agora ele resolver criticar ninguém menos que Walter Hamada, o presidente da DC Films.

Publicidade - OTZAds
Anúncios

Recentemente, como você viu por aqui no QG, Hamada falou a respeito dos planos da DC Films para a adaptação de seu multiverso para os cinemas e telas do HBO Max; ele revelou que o DCEU seguirá juntamente com universos secundários, como o que veremos em The Batman, e até projetos autônomos aos moldes de Coringa. Mas Ray Fisher, que deu vida ao Ciborgue em “Liga da Justiça” e revive o personagem para o Snyder Cut, compartilhou opiniões nada amigáveis a respeito de Hamada e jurou nunca mais trabalha com ele:

Publicidade - OTZAds

“Walter Hamada é o tipo mais perigoso de facilitador. Suas mentiras pretendiam prejudicar as questões reais por trás da investigação sobre Liga da Justiça. Não participarei de nenhuma produção associada a ele.”

A investigação citada por Fisher é aquela que a WanerMedia iniciou após as declarações dele sobre Joss Whedon, que acabou com o afastamento do diretor de um projeto para o streaming da HBO Max e com promessas de medidas corretivas.

Publicidade - OTZAds
Anúncios

Liga da Justiça de Zack Snyder, o Snyder Cut, estreia no primeiro semestre de 2021 diretamente no HBO Max e marca uma vitória de Zack Snyder e de seus fãs após anos de campanha pelo lançamento do corte de diretor.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: