Publicidade - OTZAds

PlayStation 5| Justiça derruba banimento coletivo promovido pela Sony

A Sony vem se envolvendo em algumas polêmicas após promover o banimento de alguns consoles da linha PlayStation 5 que teriam “violado alguns termos de usuário”. O que acontece é que alguns usuários do PS5 têm disponibilizado o acesso à PlayStation Plus Collection, serviço que disponibiliza gratuitamente diversos títulos do PS4 aos donos do PlayStation 5, para várias outras contas. Ou seja, vários donos de PS5 fizeram login contas de outras pessoas em suas máquinas, a fim de liberar estes títulos para outros jogadores e a Sony passou a banir usuários que fizeram essa prática.

Publicidade - OTZAds
Anúncios

Mas a Justiça de São Paulo determinou em decisão liminar o desbloqueio de uma dessas contas banidas em um prazo de 72 horas, sob multa diária de R$200. O juiz Anderson Antonucci afirmou que o bloqueio configura “perigo de dano irreparável ou de difícil reparação”, enquanto o dono do PS5 que moveu a ação afirma ter sido lesado e que o banimento de seu console foi “ilegal”. O site Metrópoles, que apurou o caso ouviu um especialista que buscou explicar de maneira simples para fácil entendimento de nós mortais:

Publicidade - OTZAds

“É como se você fosse acusado de violar os termos de uso de um serviço de streaming, como a Netflix, por exemplo, e fosse punido com o desligamento permanente da sua televisão, sem poder ligá-la para assistir TV aberta”

Anúncios

Durante a ação, a Sony não apresentou motivos e as violações que teriam provocado o banimento do console, por isso acabou perdendo o caso. Vale ressaltar que ainda cabe recurso e a empresa se mantém calada até o momento sobre a decisão judicial.

Publicidade - OTZAds

Deixe uma resposta