Publicidade - OTZAds

Após críticas, Warner deve pagar atores pelo lançamento de filmes no HBO Max

Como noticiamos ontem aqui no QG, alguns atores de Hollywood ficaram incomodados com a a decisão da Warner Bros de lançar todos os filmes de 2021 nos cinemas e no HBO Max, e mais, com o fato de o estúdio ter consultado a estrela Gal Gadot antes de tomar a polêmica decisão e também de oferecer alguns milhões de dólares a ela e à diretora Patty Jenkins por aceitarem à medida de lançamento híbrido.

Publicidade - OTZAds

Ontem, segundo informações do THR, representantes de Denzel Washington, Margot Robbie, Keanu Reeves e de outros grandes nomes do cinema estavam indignados com a Warner depois de descobrirem que a empresa pagou mais de 10 milhões de dólares à Gadot e à Jenkins após ser decidido que Mulher Maravilha 1984 estrearia no HBO Max, onde ficará disponível por 30 dias a partir do dia 25 de dezembro. Os agentes questionavam porque Gal e Patty estavam recebendo um tratamento diferenciado, o que gerou muito desconforto nos corredores da WB.

Publicidade - OTZAds
Anúncios

Agora, de acordo com fontes próximas, a Warner Bros está estudando uma maneira de pagar todos os atores e diretores envolvidos em projetos que serão lançados dessa nova maneira, uma vez que boa parte deles possuem contratos ligados ao desempenho dos filmes nas bilheterias pelo mundo.

Publicidade - OTZAds

Além de Mulher Maravilha 1984, filmes como Godzilla VS Kong, a nova versão de Mortal Kombat e o novo filme do Esquadrão Suicida também terão estreias simultâneas em 2021.

Deixe uma resposta