Publicidade - OTZAds

Esquadrão Suicida| James Gunn defende direção de David Ayer

Esquadrão Suicida| James Gunn defende direção de David Ayer

O primeiro filme do Esquadrão Suicida é uma das produções mais controversas baseadas em quadrinhos de todos os tempos, tendo conseguido um faturamento consideravelmente bom e ao mesmo tempo uma aprovação baixíssima por parte da crítica e dos fãs da equipe de super vilões. O longa também, ainda que muitos quisessem esquecê-lo para sempre, abriu as portas para a Arlequina de Margot Robbie, que veio a se tornar o quarto pilar da DC nos cinemas.

Publicidade - OTZAds

Agora, a Força Tarefa X está prestes a reestrear nas telonas em uma espécie de semi-reboot dirigido por ninguém menos que o polêmico James Gunn, da franquia Guardiões da Galáxia da Marvel, e o novo diretor teceu alguns elogios à David Ayer, diretor do filme de 2016:

Publicidade - OTZAds
ADQUIRA O SEU PLAYSTATION 5 NO SITE MAGALU

Sabemos que um dos maiores motivos do fracasso do longa de David Ayer foi a famosa e perigosa tesoura da Warner Bros., que cortou praticamente todas as ligações do filme com Batman VS Superman e Liga da Justiça de Zack Snyder, deixando a história mais básica e até desinteressante. Para se ter uma ideia de como a ideia original para “Esquadrão Suicida” seria diferente da versão cinematográfica, a vilã Magia teria ligação direta com as Caixas Maternas de Darkseid e uma aparição do Lobo da Estepe também era bem provável. Por isso, atualmente existe a campanha pela liberação do chamado Ayer Cut, versão do diretor, será que um dia sai?

Publicidade - OTZAds

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: