Esquadrão Suicida| James Gunn defende direção de David Ayer

Esquadrão Suicida| James Gunn defende direção de David Ayer

O primeiro filme do Esquadrão Suicida é uma das produções mais controversas baseadas em quadrinhos de todos os tempos, tendo conseguido um faturamento consideravelmente bom e ao mesmo tempo uma aprovação baixíssima por parte da crítica e dos fãs da equipe de super vilões. O longa também, ainda que muitos quisessem esquecê-lo para sempre, abriu as portas para a Arlequina de Margot Robbie, que veio a se tornar o quarto pilar da DC nos cinemas.

Agora, a Força Tarefa X está prestes a reestrear nas telonas em uma espécie de semi-reboot dirigido por ninguém menos que o polêmico James Gunn, da franquia Guardiões da Galáxia da Marvel, e o novo diretor teceu alguns elogios à David Ayer, diretor do filme de 2016:

ADQUIRA O SEU PLAYSTATION 5 NO SITE MAGALU

Sabemos que um dos maiores motivos do fracasso do longa de David Ayer foi a famosa e perigosa tesoura da Warner Bros., que cortou praticamente todas as ligações do filme com Batman VS Superman e Liga da Justiça de Zack Snyder, deixando a história mais básica e até desinteressante. Para se ter uma ideia de como a ideia original para “Esquadrão Suicida” seria diferente da versão cinematográfica, a vilã Magia teria ligação direta com as Caixas Maternas de Darkseid e uma aparição do Lobo da Estepe também era bem provável. Por isso, atualmente existe a campanha pela liberação do chamado Ayer Cut, versão do diretor, será que um dia sai?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s