Adrianne Palicki comenta cancelamento da série “Mulher Maravilha”

Adrianne Palicki comenta cancelamento da série “Mulher Maravilha”

Quase ninguém lembra, mas antes de Gal Gadot ganhar as telas dos cinemas e conquistar os fãs com sua versão da Mulher Maravilha, a atriz Adrianne Palicki quase encarnou a princesa amazona em uma roupagem mais moderna e urbana para um série de TV em 2011.

Na época, a série chegou a ter um episódio piloto dirigido por David E. Kelly mostrando Diana como uma poderosa mulher se revezando entre a presidência de uma empresa chama Themyscira (nome da ilha onde a Mulher Maravilha nasceu e foi criada nos quadrinhos) e a vida de super-heroína. Entre outras coisa, a série foi cancelada antes mesmo de seu lançamento pela trama um tanto “inovadora demais” que fugia muito das origens e mitologia da maior heroína da DC Comics.

Agora, a atriz Adrianne Palicki, que ficou popularmente conhecida por dar vida à Harpia na série Agentes da S.H.I.E.L.D. da Marvel, falou sobre o cancelamento em entrevista à Entertainment Weekly:

“Foi devastador quando não deu certo. Era algo tão grande. Sinto que talvez, se tivesse sido feito um ou dois anos depois, poderia ter sido um sucesso.”

Ela também se mostrou muito feliz com o sucesso da personagem nos cinemas e declarou seu amor pela Mulher Maravilha:

“É ótimo ver essa personagem ganhar vida, porque ela é tão importante para as jovens meninas. Ela mudou minha vida.”

Mas e você, acham que essa série faria sucesso caso tivesse saído do episódio piloto e ganhados os televisores? Deixe sua opinião nos comentários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s