Publicidade - OTZAds

Duna| Ex-diretor da franquia critica primeiro trailer da nova adaptação

Há alguns dias, tivemos a liberação do primeiro trailer de Duna, novo épico da Warner Bros. dirigido por Denis Villeneuve e inspirado no best-seller de mesmo nome do escritor Frank Herbert, que em geral, teve uma boa aceitação de público e crítica e aumentou o hype para o lançamento em novembro de 2020.

Publicidade - OTZAds

Mas nem todo mundo gostou do que viu, ao menos não Alejandro Jorodowsky, diretor que tentou adaptar a história de Frank Herbert para as telonas em meados dos anos 70, mas que não conseguiu por falta de orçamento e apoio. Em recente entrevista ao francês Le Point, Jorodowsky compartilhou sua opinião e preocupações ao assistir o primeiro trailer de “Duna”:

Publicidade - OTZAds

“Eu espero que a versão de Duna dele seja um grande sucesso, porque Denis Villeneuve é um bom diretor, sobre quem eu ouvi muitas coisas boas. Eu vi o trailer, é muito bem feito; podemos ver que é cinema industrial, que tem muito dinheiro envolvido e que é muito caro. Mas se ele é muito caro, ele precisa se pagar em proporção. Esse é o problema: não há surpresas. O formato é idêntico ao que é feito em todo canto, a iluminação, a atuação, tudo é previsível.”

Alejandro Jorodowsky foi mais a fundo e chegou a dizer que esse tipo de cinema é simplesmente para entreter, que não tem impacto verdadeiro para a sociedade:

Publicidade - OTZAds

“Cinema industrial é incompatível com o cinema autoral. Para o primeiro, dinheiro antes, para o segundo, é o oposto, não importa a qualidade do diretor, se é meu amigo Nicolas Winding Refn ou Denis Villeneuve. Cinema industrial promove entretenimento, é um show que não intenciona mudar a humanidade ou a sociedade.”

E você, concorda com a crítica do diretor ou acha que é pura dor de cotovelo? Deixe sua opinião nos comentários.

Deixe uma resposta