Dossiê| Uma homenagem à carreira de Chadwick Boseman

Dossiê| Uma homenagem à carreira de Chadwick Boseman

Hoje trazemos de volta o nosso Dossiê com uma homenagem ao ator Chadwick Boseman, astro da franquia Pantera Negra que infelizmente nos deixou nessa madrugada vítima de um câncer no cólon. Fique a seguir com a vida e a carreira do ator:

1. A ORIGEM

Nasceu Chadwick Aaron Boseman em Anderson, Carolina do Sul, filho de Carolyn e Leroy Boseman. Sua mãe era enfermeira e seu pai trabalhava em uma fábrica de tecidos em paralelo com um negócio de estofados. O sonho de Boseman era escrever e dirigir e decidiu estudar atuação para aprender a se relacionar com os atores, se formando na Academia Digital de Cinema de Nova York. Desde então ele começou sua carreira como ator.

2. A CARREIRA

Seu primeiro papel de maior destaque foi em um episódio de Third Watch em 2003, fazendo participações também em Law & Order, CSI: NY e ER. Mas o início da carreira de Chadwick se baseaou mesmo em peças de teatros; em 2002, por exemplo, ele ganhou um importante prêmio do teatro americano pela peça “Urban Transitions Loose Blossoms”. Romeu e Julieta também consta no extenso currículo do ator, que também dirigiu e escreveu peças com temática voltada ao Hip Hop e cultura das ruas.

3. O CINEMA

Com o crescimento e destaque, Chadwick foi sendo alvo de vários convites para o cinema e parece que se especializou em documentários e biografias de personagens reais, tendo interpretado o primeiro atleta negro a jogar a liga principal de Baseball Jackie Robinson no filme “42: A história de uma lenda”, ao rei do funk original James Brown no filme “Get on Up: a História de James Brown” e ao primeiro presidente negro do Supremo Tribunal dos Estados Unidos, o advogado Thurgood Marshall. Chadwick Boseman também participou de filmes como Deuses do Egito, Crime sem saída, Mensagem do Rei, além de claro Pantera Negra e outros projetos do Universo Cinematográfico da Marvel Studios.

4. WAKANDA FOREVER

O Rei T’Challa de Pantera Negra é sem dúvida alguma o papel mais conhecido e marcante da carreira de Chadwick Boseman, o defensor de Wakanda chegou quebrando tudo no meio cinematográfico e trazendo à tona a importância da representatividade negra nos cinemas. Pantera Negra se tornou um dos heróis mais conhecidos da atualidade e a frase “Wakanda Forever” uma das mais ditas dos últimos anos. A história de como Chadwick se tornou o Pantera Negra é bem curiosa também; ele fez amizade com um segurança do estúdio na Austrália durante as gravações de Deuses do Egito e sem mencionar o Pantera Negra, ganhou uma revista do herói com um recado que dizia que ele ainda seria o Pantera nos cinemas.

Algum tempo depois, enquanto estava no tapete vermelho de Zurique para divulgar “Get on Up”, ele recebeu a ligação com a proposta e aceitou na hora.

5. MULTITALENTOSO

Outra curiosidade sobre Boseman que pouca gente sabe é que ele era um ótimo desenhista e pintor de retratos, tendo inclusive chegado a cogitar a ideia de cursar desenho ou mesmo arquitetura. Ele também amava escrever e a ideia de poder criar um universo inteiro com uma simples caneta na mão, sempre pensando em deixar a atuação para se dedicar unicamente à carreira de roteirista. Ele também era um cantor incrível, algo que podemos ver um pouco na biografia de James Brown, mas que ele jamais pensou em explorar mais profundamente.

6. A DOENÇA

Tivemos o baque da revelação da causa da morte de Chadwick Boseman, um câncer no cólon contra o qual ele lutava desde 2016 e mantinha em sigilo praticamente absoluto para preservar sua privacidade e a privacidade de sua família. O câncer de cólon e reto abrange tumores na parte do intestino grosso, que é chamada de cólon, no reto e no ânus. Ele pode atingir homens e mulheres, geralmente por volta dos 50 anos de idade. Costuma se desenvolver de forma lenta e, se descoberto em estágio inicial, tem altas chances de cura. Chadwick Boseman descobriu a doença já no estágio 3 e evoluiu para o estágio 4, que infelizmente veio a levar o ator.

7. CHADWICK BOSEMAN NOS DEIXA AOS 43 ANOS

Hoje a internet está repleta de imagens e homenagens ao ator, todos muito tristes e surpresos com a notícia de sua partida. Mas nós do Quartel General queremos deixar aqui nossa homenagem de maneira bem sutil e simples, respeitando o legado de Chadwick e claro a dor de seus familiares. Boseman será para sempre nosso Pantera Negra e Wakanda estará para sempre nos nossos corações. Obrigado, Chadwick Boseman, e vá em paz…

“Na minha cultura a morte não é o fim. É mais um ponto de partida.”

frase de t’challa, o pantera negra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s