Ministério da Economia estuda o fim da meia-entrada nos cinemas brasileiros

Ministério da Economia estuda o fim da meia-entrada nos cinemas brasileiros

Recentemente, a Ancine (Agência Nacional do Cinema) abriu uma consulta pública a respeito da obrigatoriedade legal da meia-entrada nos cinemas brasileiros, alegando que a contribuição da venda desse tipo de ingresso no faturamento final do mercado vem despencando nos últimos três anos. O Ministério da Economia, liderado pelo Ministro Paulo Guedes, já se manifesta a favor do fim da obrigatoriedade.

Segundo o próprio Sistema de Controle de Bilheteria, via informações divulgadas pelo governo federal, a busca por ingressos pela metade do preço está em queda desde 2017, média feita através do monitoramento de mais de 3 mil salas de cinema espalhadas pelo país. Apesar disso, dados de 2019 revelam que cerca de 80% dos ingressos vendidos no ano passado foram justamente comprados a preço de meia.

Vale ressaltar que o Brasil é o único país no mundo que tem como obrigação de lei a meia-entrada, podendo ser comercializada por venda legal através de parcerias empresariais e consórcios ou por cortesia, além de ser direito legal de estudantes da Rede Pública de Educação e também de escolas particulares e instituições de ensino superior.

A discussão sobre a obrigatoriedade da meia-entrada segue aberta ao público até o dia 13 de agosto, quando o Ministério da Economia irá decidir se os cinemas nacionais poderão ou não abrir mão da venda de ingressos à metade do preço. Qual a sua opinião?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s