Publicidade - OTZAds

Patty Jenkins desmente teoria sobre Barbara e Diana em Mulher Maravilha 84

Como de costume no universo cinematográfico, principalmente quando o assunto são os filmes baseados em quadrinhos da Marvel e DC, surgem diversas teorias envolvendo cada produção em desenvolvimento, e com o novo filme da Mulher Maravilha não é diferente. Entre outros rumores, teorias e especulações, surgiu a ideia de que a diretora Patty Jenkins mudaria a origem da rivalidade entre Diana Prince e Barbara Minerva e estabeleceria um romance entre as duas que viria se transformar em antagonismo com o retorno de Steve Trevor e uma crise de ciúmes de Minerva que a levaria a se tornar enfim a Mulher Leopardo.

Publicidade - OTZAds

A teoria se baseava na já conhecida bissexualidade da Mulher Maravilha, que já teve relacionamentos com outras mulheres em adaptações nas hqs e em outros veículos, algo que recentemente vimos também na animação Superman: Entre a Foice e o Martelo.

Publicidade - OTZAds

Contudo, segundo a própria diretora Patty Jenkins “isso não existe”, Diana não terá um relacionamento amoroso com Barbara Minerva, não havendo assim um triângulo amoroso. O filme será sobre o amor da Princesa de Themyscira por Steve Trevor, e veremos apenas a clássica amizade com a Mulher Leopardo se confundindo com inveja até se tornar uma rivalidade sanguinária com o desenrolar da trama.

Publicidade - OTZAds

“Poderia ter acontecido em uma história diferente, mas como essa história é bem clara sobre o retorno de Steve, toda a história envolve ele. É uma grande história de amor com Steve, não há espaço para outro com Diana.”

Mulher Maravilha 1984 chega aos cinemas em agosto de 2020, com Gal Gadot interpretando mais uma vez a protagonista, Kristen Wiig e Pedro Pascal assumindo os papéis dos antagonistas Mulher Leopardo e Maxwell Lord. A direção é de Patty Jenkins e o roteiro de Geoff Johns.

Deixe uma resposta