Prefeito do Rio de Janeiro determinada que hq da Marvel seja recolhida da Bienal do Livro

Prefeito do Rio de Janeiro determinada que hq da Marvel seja recolhida da Bienal do Livro

Pois é, meus amigos, bem que essa semana estava muito tranquila pro meu gosto, a paz reinava no nosso mundo nerd. Mas ontem, 5, o prefeito da cidade maravilhosa Marcelo Crivella fez o favor de tacar fogo no parquinho.

Tudo começou quando uma mulher visitou a Bienal do Livro e encontrou exposta a edição Vingadores; a Cruzada das Crianças, que apresenta os heróis adolescentes Rapaz de Ferro, Gaviã Arqueira, Célere, Visão , Estatura e Patriota, além do centro de todo o problema, Wiccano e Hulking, dois rapazes que desenvolvem um relacionamento ao longo da convivência. Na minissérie os jovens heróis vão atrás da Feiticeira Escarlate, depois ter provocado a queda dos Vingadores e quase eliminado a raça mutante do mundo.

A história foi publicada no volume 66 da Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel, da editora Salvat, em 2016. Antes disso, a obra já havia saído em Os Vingadores Especial # 1 e # 2, pela Panini Comics, em 2012. Originalmente, nos Estados Unidos, era uma minissérie em nove edições da Marvel chamada Avengers – The Children’s Crusade, de 2010.

Pois bem, a tal mulher ficou indignada ao ver, nas páginas finais da hq, um beijo entre Wiccano e Hulking, e resolveu reclamar no Twitter. A partir daí, sabe como é, a notícia se espalhou pelos grupos de Whatsapp e Facebook e a cena que já era conhecida pelos amantes dos quadrinhos tomou a internet de forma negativa, a ponto de movimentar o prefeito Marcelo Crivella, que decidiu recolher a edição da Bienal do Livro do Rio de Janeiro. Por meio de suas redes sociais, o prefeito se manifestou e tentou explicar a decisão:

Pessoal, precisamos proteger as nossas crianças. Por isso, determinamos que os organizadores da Bienal recolhessem os livros com conteúdos impróprios para menores. Não é correto que elas tenham acesso precoce a assuntos que não estão de acordo com suas idades.

Marcelo Crivella, prefeito do Rio de Janeiro

Afirmando que a revista possui conteúdo sexual impróprio para menores, o prefeitou negou se tratar de preconceito contra os relacionamentos gays. Nos EUA, a história foi classificada com o selo T+, classificação indicativa correspondente a 13 anos de idade.

A decisão de Crivella gerou revolta e muitos apontam “preconceito disfarçado de conservadorismo”. Mas e vocês, qual sua opinião sobre essa que se tornou a notícia da semana? Deixe aí nos comentários.

Página da revista Vingadores, a Cruzada das Crianças que motivou a polêmica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s